Segundo o direito brasileiro o contrato social é um contrato nulo

Quando a discussão sobre a legitimidade do estado é colocada em pauta, por parte daqueles que advogam a seu favor sempre é exposto à mesa a ideia de um “contrato social”, este que supostamente teria sido aceito tacitamente pelos indivíduos sitiados naquele país, estado e município. Desta forma, dá-se ao ente estatal todo poder de controlar, pilhar e assassinar as pessoas que assim entender por devido. Ainda, uma das justificativas sobre como se aparentemente consentiu com o tal contrato, vem do pensamento de que a partir do instante em que…