Para o MP de Minas Gerais Legítima Defesa é crime

Deu a louca no Promotor Francisco de Assis Santiago! Sim, incrivelmente um agente público que deveria procurar punir os verdadeiros monstros da sociedade resolveu abrir denuncia contra Gustavo Henrique Bello Correa, cunhado de Ana Hickmann, pela morte do fã-homicida.

Relembre o caso

Rodrigo Augusto de Pádua, “fã” da apresentadora, teria entrado no hotel onde ela estava hospedada e tentado contra sua vida, mas Correa conseguiu impedir que o crime se concretizasse tomando a arma do homicida e o atingido com três tiros, isto após ambos entrarem em luta corporal. Ainda, a Policia Civil, pasmem, arquivou o processo, pois constatou LEGÍTIMA DEFESA por parte de Correa.

No entanto incrivelmente o Promotor enxergou, não sabemos como, que houve ali excesso.

Bom, seguindo o pensamento de Santiago se você tem sua vida posta em risco e entra em luta corporal contra o agressor não pode revidar de forma alguma, ainda que esteja nervoso e o fato tenha ocorrido de forma intensa, deixando todos fora de si. Este promotor mesmo com declaração da Polícia Civil, entende haver excesso, talvez porque nunca foi vítima de um crime parecido, então não deve entender como é estar correndo risco de morte.

Alega que três tiros foram desnecessários, porque claro alguém naquele momento de pura tensão vai contar quantos tiros está efetuando, certo?

Portanto, caros leitores, se alguém tentar contra vida de vocês ou de parentes, caso acabem desarmando o indivíduo, de forma alguma ousem causar danos ao criminoso, pois existe certa inversão de valores no Brasil. O alerta serve principalmente se você estiver em Minas Gerais.

Fundador do site Mão Invisível, Conselheiro Estadual junto ao Liderança nas Escolas em São Paulo, estudante de Direito e amante de quadrinhos
Loading Facebook Comments ...